first_imgNota do editor: No decorrer deste ano, os Lackeys da Groundspeak estão a viajar milhares de quilómetros a partir da sua sede (o HQ) para participar e espalhar boa disposição em mais de uma dezena de Mega-Eventos espalhados pelo mundo. Nate, também conhecido por Nate the Great, foi uma das presenças no Mega-Evento 11 Years! Oeiras – Portugal que teve lugar a 1 de Maio em Lisboa, Portugal. Nate é Lackey desde 2003 e coordena o desenvolvimento de novas funcionalidades na Groundspeak. Este é o seu diário de viagem:Lackey Nate the GreatEstou a mais de 12000 Km de casa e entre 500 dos meus amigos mais próximos (e que acabei de conhecer hoje) num parque nos arredores de Lisboa, Portugal. No preciso momento em que estão a fazer uma caricatura minha, o DJ de serviço passa “Take On Me” dos A-Ha. Uma situação absurda como esta seria o suficiente para me colocar um sorriso lunático nos lábios durante os 10 minutos que demoraria a terminar o meu retrato. Mas passa um geocacher anónimo, sorri e tira uma fotografia, enquadrando a placa trackable com o meu nome. Dá-cá-mais-cinco e tal… E desaparece entre a multidão. Só tenho tempo para ouvir o caricaturista a dizer “Senta-te quietinho, se faz favor…”A equipa iURKingsÉ dificil ficar sentado quieto num Mega-Evento.Choque de cultura? Geocaching é cultura. Quando estamos em viagem e nos sentimos desenquadrados de tudo, vamos a um evento de geocaching e sentimo-nos em casa, identificando desde logo as personagens habituais: o frenético doido dos FTF agarrado ao telefone; o escondedor de caches compulsivo, com mais tupperwares escondidas no meio do mato que caches encontradas… e mais geocachers de botas cheias de lama que crianças a brincar no parque infantil. Se não fosse a agradável sonoridade do português falado à minha volta, podia ser em qualquer parte do mundo.O Nate não está nesta fotografiaO espírito de aventura é algo naturalmente partilhado por todos, mas os portugueses em particular têm o instinto explorador gravado na sua identidade nacional. Na era dos Descobrimentos, entre os séculos XV e XVII, exploradores como Vasco da Gama trouxeram fama e riqueza a Portugal viajando pelo mundo. É impossível viajar por Portugal sem tropeçar num monumento comemorativo desta ou daquela viagem. A probabilidade de haver uma cache mistério baseada num desses factos é alta. Hoje em dia, é fácil comprar mapas topográficos detalhados do território, o que pode explicar o crescimento exponencial do geocaching em Portugal durante os últimos anos. É no geocaching que este povo está a redescobrir o seu desejo de explorar e de conhecer coisas novas, mesmo que seja à porta de casa. Por tudo isto e pela história e tradição que me rodeiam, Portugal é o centro de tudo.Ou então o geocaching é divertido. Para quê complicar?O Geocacher TZREstou de volta aos Estados Unidos, a folhear um bloco de notas cheio de ideias rabiscadas à pressa sobre como melhorar o site Geocaching.com. Sim, eu admito. Havia um motivo subjacente para ir a este Mega-Evento. Não, o meu motivo não era só encher o bandulho de porco no espeto (divinal), desfrutar da hospitalidade dos geocachers locais (interminável)… certamente que não era ouvir tesouros deprimentes dos anos 80 enquanto me desenhavam a caricatura (que coisa bizarra). Quis, acima de tudo, estar em contacto com geocachers, perceber melhor o que é que a Groundspeak faz bem e o que é que podemos fazer para ser melhores. Como Lackey, aprendi que a melhor coisa que posso fazer aos geocachers é aparecer, ouvi-los e tomar notas para depois fazer com que o website esteja ao nível das suas exigentes expectativas. Porque os geocachers portugueses estão muito à frente no que toca à inovação no geocaching. E isso facilita-me muito o trabalho.Muito obrigado pelo Mega, Portugal!11 Years! Oeiras – Portugal Mega-Event foi patrocinado pela GeocacherZONE.Os seguintes Mega-Eventos terão também a presença de Lackeys da Groundspeak:Nova Iorque, EUA – ASP GeoBash 6Ontario, Canadá – COG Spring FlingSalzburgo, Áustria – Pinzgau 2011Pensilvânia, EUA – GeoWoodstock IXOhio, EUA – Midwest GeobashGales, Reino Unido – Mega Wales 2011Wisconsin, EUA – West Bend $1000 Cache Ba$hHQ no Estado de Washington, EUA – Groundspeak Block PartyNordrhein-Westfalen, Alemanha – Geocoinfest EuropaCatalunha, Espanha – Mega Event CatalunyaCarolina do Sul, EUA – GeocoinfestShare with your Friends:More SharePrint Relatedlast_img